Praia do Forte | Mata de São João | Bahia

Tel. (71) 9 9189-9857

© 2023 por SERVIÇOS DE TI. Orgulhosamente criado por W3Suporte

Contate-Nos

CFTV

(Câmera de Segurança)

O QUE É CFTV?

Circuito fechado de televisão ou circuito interno de televisão (conhecido pela sigla CFTV; do inglês: closed-circuit television, CCTV) é um sistema de televisionamento que distribui sinais de câmeras localizadas em locais específicos, para pontos de supervisão pre-determinados permitindo identificar possíveis problemas, posicionando-se também como inibidor das ações, tanto de agentes externos como dos internos. CFTV já foi um sistema simples de segurança analógica onde as imagens encontrava-se disponíveis em uma TV ou monitor, hoje esse cenário vem mudando e esta em grande expansão tecnológica com seus formatos digitais e altas resoluções abrangendo um grande numero de aplicações como segurança patrimonial, controle de produção, avaliação de desempenho profissional, gerenciamento de informações, segurança em geral para ambientes domésticos, órgãos públicos e privados.  

SISTEMA ANALÓGICO 
 

Nos dias de hoje um sistema de CFTV totalmente analógico esta praticamente extinto, eram utilizadas fitas magnéticas para gravação, as mesmas de sistemas VHS doméstico, onde não existia compactação de vídeo e o processamento era feito em sequenciadores. Atualmente encontramos sistemas de CFTV parcialmente analógicos usando um DVR (Gravador Digital de Vídeo). Sendo que as câmeras recebem o sinal de vídeo de forma analógica e transmite para o DVR atraves de cabos cabos coaxiais, onde então é convertido para o sistema digital, compactado e gravado em discos rígidos, a compactação do vídeo permite períodos de gravações dezenas de vezes superiores aos conseguidos com a gravação 100% analógica, normalmente vários dias, permitindo também que se utilizem uma gravação com maior taxa de atualização (Frame-Rate), simplificando é um sistema analógico com gravação digital. No CFTV analógico encontramos equipamentos que gravam ou reproduz imagens com resolução como: 

QCIF (176 X 120): Possui resolução muito pequena e de qualidade bem inferior, imagine visualizar em um monitor de 15 ou mais polegadas essa qualidade.

CIF (352 x 240): O dobro da QCIF essa resolução foi muito utilizada como única opção de gravação pelos primeiros gravadores digitais CVBS do mercado. Sendo 352 pixeis horizontal (largura) por 240 pixeis vertical (altura).  

VGA (640 x 480): Essa resolução é muito utilizada em câmera IP, sendo a qualidade de imagem mais baixa desse tipo de câmera. Tendo 640 pixeis horizontal (largura) por 480 pixeis vertical (altura).

D1 (720 x 480): Depois começou a aparecer DVRs com gravação em D1 (Essa resolução é muito parecida com a resolução VGA). Sendo por muito tempo a melhor resolução de gravação do DVR´s. Essa resolução tem 720 pixeis horizontal (largura) por 240 pixeis vertical (altura). 

 

WD1 (960 x 480): Conhecida como 960H, as imagens começaram a ficar no padrão Widescreen, acompanhando a tendência dos Monitores, das TV´s e dos Smartphones. Ficando com 960 pixeis horizontal (largura) por 240 pixeis vertical (altura).

 

SISTEMA DIGITAL e IP

O CFTV digital é flexível, mais rápido, expansível e fácil de administrar, diferente do sistema analógico. Fazendo uso das novas tecnologias permitem que se visualizem imagens a distâncias, permitem o controle de redes de câmeras, permitem a gravação de imagens em tempo real por grandes períodos de tempo, acessíveis rapidamente através de buscas ou índices em qualquer parte do planeta. A qualidade da imagem digital é muito superior ao analógico, sendo possível obter maiores detalhes, possibilitando a identificação de maiores informações nas visualizações das imagens. No CFTV digital encontramos equipamentos que gravam ou reproduzem imagens com as seguintes resoluções: 

HD (1280 x 720): Conhecida também como 1 megapixel ou 720p. A partir dessa resolução já podemos falar que o DVR, NVR ou Câmera IP gravam/reproduzem em 1 megapixel ou 720p, tendo 1280 pixeis horizontal (largura) por 720 pixeis vertical (altura).

 

960p (1280 x 960): Essa é um pouco maior na vertical em comparação com à HD, ficando com 1.3 megapixel. Sendo 1280 pixeis horizontal (largura) por 960 pixeis vertical (altura).
 
Full HD (1920 x 1080): Também muito conhecida como 1080p e 2 megapixel, essa é a mais popular atualmente, ficando cada vez mais acessíveis com essa resolução de 1920 pixeis horizontal (largura) por 1080 pixeis vertical (altura).
 
1080N (960 X 1080): Chegando no máximo a 1 megapixel de resolução, ou seja 960 pixeis horizontal (largura) por 1080 pixeis vertical (altura) ela não deve ser confundida com a Full HD ou 1080p (1920 x 1080) que tem uma resolução superior. A 1080N lhe daria uma imagem quase quadrada, não recomendada, pois a maioria dos monitores hoje são no formato widescreen onde a largura é maior que a altura.

 

2K (2560 x 1920): Tecnologia de alta resolução de 2 a 5 megapixel encontrada em câmeras IP. Com essas resoluções fica muito mais fácil  reconhecer e verificar detalhes em uma imagem.

 

4k (4096 X 2160): A nova era do CFTV IP, câmeras de 8 a 12 megapixel, ainda não acessíveis no brasil, sendo 4096 pixeis horizontal (largura) por 2160 pixeis vertical (altura) para as câmeras de 8 megapixel e 4000 pixeis horizontal (largura) por 3072 pixeis vertical (altura) para câmeras de 12 megapixel.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube